in ,

Mostra de cinema e espetáculo teatral formam programação paralela à Parada LGBT

A mostra Sob o título Cinema é liberdade começa hoje (19), em São Paulo, com a exibição de 26 videoclipes, longas e curta-metragens do artista inglês Derek Jarman.

+São Paulo em Hi-fi estreia nesta quinta mostrando a noite gay paulistana dos anos 60, 70 e 80

A programação ficará em cartaz no Cine Caixa Belas Artes, na região central da capital paulista, até o dia 1º de junho.

 
Homossexualidade é um dos principais temas retratados pelo cineasta Jarman, que morreu em 1994, após viver com Aids por vários anos. A doença é retratada no último filme dele, o longa-metragem Blue, baseado na própria experiência do diretor, representada em uma tela com azul forte com narração de diversos atores.
 
A obra mais conhecida de Jarman é, no entanto, o filme Caravaggio, lançado em 1986. A vida do pintor italiano que viveu no século 16 é ficcionalizada em uma trama que também suas experiências sexuais. Ambos os filmes fazem parte da mostra, que contará também com palestras da professora da Universidade de São Paulo Cecília Mello e do professor Luiz Andreghetto, da Universidade Estadual de Campinas.
 
Parada do Orgulho LGBT
 
A retrospectiva do cineasta faz parte de uma programação paralela à 20ª edição da Parada do Orgulho LGBT, que irá as ruas no dia 29, sob o tema Lei de Identidade De Gênero Já! – Todos juntos contra a transfobia.
 
Também será exibido, na Caixa Cultura, na Praça da Sé, centro paulistano, em curta temporada, o espetáculo Joelma, um solo interpretado pelo ator e diretor Fabio Vidal, do Território Sirius Teatro de Salvador (BA). A peça conta a história de umas primeiras transexuais do Brasil, que atualmente tem 71 anos de idade.

O texto foca no sentimento de inadequação de uma pessoa que acredita ter nascido no corpo errado. A partir daí, é desenvolvida a história de Joelma, que nasce em Ipiaú, interior baiano, e vai para São Paulo. Depois de 30 anos, ela retorna a sua cidade, casada e transformada por uma cirurgia de mudança de sexo.


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

What do you think?

Dois terços da população mundial não gostariam de ter um filho gay

Namoro de Bruna Linzmeyer e Kity Féo une homofobia e discriminação etária em redes sociais