in ,

Em ‘Eu Nunca’, três adolescentes vivenciam as descobertas da sexualidade

Com Ghilherme Lobo (Hoje eu quero voltar Sozinho), peça retrata os extremos do universo adolescente

+"Meu Filho, Lady Gaga" aborda relações familiares, minorias e preconceito
 

Espetáculo coloca em debate questões universais e atemporais que ultrapassam barreiras sociais e culturais.
 
Retratar o universo jovem pode ser considerado uma missão bastante peculiar. Com o intuito de aliar diversão e reflexão, a peça "Eu Nunca", que esta em caratz no Teatro da Livraria da Vila, do Shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo, surge com uma linguagem descontraída e com certo peso dramático, através de um conjunto de textos, depoimentos e pesquisas de colaboração coletiva, que abordam temas atemporais discutidos pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), estimulando assim o senso crítico de jovens com idade entre 14 e 19 anos.
 
Tendo como diferencial o modo como se conquista o interesse do jovem diante de certos assuntos e tabus, o espetáculo deixa um ponto de interrogação na cabeça de seu público alvo, abrindo mão de diretrizes fixas, onde o texto não tem como missão criar verdades ou mentiras absolutas, e sim despertar no adolescente alguns questionamentos sobre situações que, em seu dia a dia, podem vir a passar despercebidas.
 
“A dificuldade de fazer esse projeto é justamente pela responsabilidade de ser um espetáculo para o jovem, que é um publico fiel, que ou te ama e idolatra, ou te rejeita, e conseguir tocar o jovem, que normalmente acha que já tem suas opiniões formadas sobre a vida e alguns aspectos, é muito difícil. Por isso que o texto do ‘Eu Nunca’ foi escrito, reescrito, experimentado, reexperimentado, com muitos depoimentos coletados, até que conseguíssemos chegar a um formato que acreditamos que tocará essa platéia segmentada, pois não existe formula certa, a mudança do jovem é constante. Eu sempre acreditei que o artista tem um poder social muito grande e neste momento espero conseguir atingi-lo com o espetáculo, de modo que a comunicação seja clara, pois se trata do nosso futuro, nós somos a satisfação do amanhã”, explica o ator, produtor e diretor Júlio Oliveira.
 
Após um intenso processo de criação do texto, a fim de proporcionar uma melhor conexão entre o público e a plateia, o espetáculo, que faz referência a um jogo popular homônimo, que revela fatos interessantes e muitas vezes desconhecidos sobre os envolvidos, aposta em uma ação interna a partir das lembranças, reflexões e críticas de Téo (Júlio Oliveira), David (Ghilherme Lobo) e Duda (Gabriela Gama), três jovens de vidas extremamente opostas, convivendo e dividindo suas intimidades até o limite do suportável. A trama, que gira em torno da intensidade dos relacionamentos, esbarra ainda em assuntos como a sexualidade, independência financeira, dependência química, descoberta profissional e afetividade.
 
Com um texto que surpreende a cada cena, construído de forma moderna, descolada, intensa e extremamente realista, a produção traz à tona as questões mais emergentes da juventude, quebra os clichês e apresenta novos desfechos com os quais estamos condicionados no dia a dia. Em cena, os "contos de fadas" são desconstruídos, de modo que o adolescente possa repensar o lugar em que se encontra atualmente, quando nunca se precisou tanto refletir sobre as escolhas de futuro como agora – escolhas estas que podem levá-lo aos mais desconhecidos e temidos questionamentos.
 
Após o espetáculo, o elenco recebe a platéia para uma extensão da conversa, onde se colocam a disposição para um breve bate-papo sobre os temas abordados e suas colocações em questão.
 
 
SERVIÇO:
EU NUNCA
Local: Livraria da Vila – Shopping Pátio Higienópolis
Av. Higienópolis, 618 – Consolação – São Paulo/SP
Temporada: 11 de junho a 31 de julho
Sábados 20h e Domingos 18h
Ingresso: R$50 inteira/R$25 meia-entrada
Classe Indicativa: 14 anos 
Duração: 70 minutos + 15 minutos pós espetáculo
Gênero: Drama 
Capacidade: 65 lugares

 


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

What do you think?

SP inaugura Centro LGBT na Zona Leste com nome de travesti morta

Ela voltou! Em Clipe repleto de boys magia Fergie derrama muito leite em “M.I.L.F. $”