in ,

CGM investiga fraude na Prefeitura durante a realização da Parada LGBT

Querem queimar o filme da parada, mas aqui damos os dois lados da história <3

+Pesquisa aponta quais religiões aceitam mais os gays. Advinha quem ficou em último lugar?

A Controladoria-Geral do Município de São Paulo (CGM) apura irregularidades na organização da Parada Gay realizada em junho deste ano. Em jogo estão R$ 1,3 milhão dos cofres municipais.

Segundo investigações, há suspeita de manobras ilegais para a contratação da empresa SP Eventos. Um funcionário da Prefeitura responsável pela realização da Parada foi exonerado no mês passado. As investigações mostram que Eduardo Cardoso, ex-assessor técnico da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, teve participação direta na escolha da SP Eventos

+Mais uma conquista! Colômbia aprova adoção por casais gays

A empresa foi contratada sem licitação por cerca de R$ 1,3 milhão para assegurar a estrutura da Parada, com fornecimento de palco, equipamentos de som e iluminação e toda a estrutura ao redor do evento, como banheiros químicos. A Parada foi realizada no dia 7 de junho.

A CGM informou que só vai se pronunciar sobre o caso após a conclusão das investigações, que já estão na fase final.

Segundo Nelson Matias, diretor da APOGLBT (Associação da Parada), as matérias publicadas na imprensa são tendenciosas, a começar pelo título, “PREFEITURA INVESTIGA FRAUDE NA PARADA GAY”. "Primeiro que o título deveria ser, para ser ético no mínimo: CGM (Controladoria Geral do Município) INVESTIGA FRAUDE NA PREFEITURA NA REALIZAÇÃO DA PARADA LGBT".

"Sabemos que a maioria das pessoas lê apenas título de matéria e a partir disto já fazem juízo de valor, e precisa ser claro que a associação não recebe um centavo da prefeitura. A prefeitura fornece a infraestrutura do evento e deve ser transparente. Nós enviamos ofício solicitando autorização para a Parada em novembro de 2014 e só em maio de 2015 que houve a publicação no diário oficial". A APOGLBT irá emitir brevemente uma nota oficial sobre o assunto.

O ativista André Pomba que foi conselheiro municipal por dois mandatos, comenta que o mais estranho é como um evento anual como a Parada do Orgulho LGBT, que poderia ser planejado corretamente, demanda urgência numa contratação que poderia ser feita através de licitação com boa antecedência: "Isso tudo é questão da má gestão da Coordenadoria de Políticas LGBT, que além de cortar a verba para a infraestrutura da Parada, ainda investe mal a verba direcionada ao evento".

Pomba também se preocupa com a reação dos setores fundamentalistas. "Pena que mais uma vez vão usar uma falha que é exclusiva da Prefeitura, para tentar atingir a Parada", conclui o ativista.

Em breve, ACAPA irá divulgar a nota oficial da APOGLBT se posicionando sobre o caso. Fiquem ligados!


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

What do you think?

Pesquisa aponta quais religiões aceitam mais os gays. Advinha quem ficou em último lugar?

Marcha para Satanás – Evento que satiriza bancada evangélica já tem mais de 10 mil confirmados