in ,

Bares e clubes LGBT estão fechando as portas em Londres; saiba motivo

Quem é turista LGBT e viajou a Londres nos últimos meses pôde reparar na falta de bares e clubes voltados ao público LGBT. É que desde o último ano os mais famosos espaços LGBT fecharam as portas.

+ Cuba é anunciada como o novo "paraíso gay"

Dentre os que não existem mais – seja porque fecharam ou porque venderam o espaço para construtoras – estão o First Out Café, Candy Bar, Joiner's Arms, George and Dragon, Black Cap e o Royal Vauxhall Tavern.

Muitas pessoas lamentaram os fechamentos e até fizeram manifestações para tentar impedí-los. "Comecei a frequentar o Royal quando tinha 18 ou 19 anos, e sempre será um local muito especial para mim. Temos noites que vão de concursos de cultura pop e recriações das turnês das Spice Girls. Onde mais isso poderia acontecer?".

Diante da comoção e das perdas que podem acabar de uma vez com a "noite LGBT", que sempre atraiu turistas de todo o mundo, a BBC News tentou explicar o que vem acontecendo no local e entender o que vem acontecendo. Confira abaixo as teorias. 

AS TEORIAS

Uma das explicações é que muitos LGBT já se sentem mais acolhidos em bares que não precisam ser definidos necessariamente como LGBT, tendo uma perca significativa de demanda. "A maioria dos lugares parecem ser seguros para mim, então, não sinto necessidade de classificar um lugar como gay ou hétero", diz Paul McKeating, de 33 anos.

Mas a teoria de que esta demanda vem caindo não pode ser aplicada a todos os bares, uma vez que o Black e Joiner's estavam sempre cheio antes de fechar.

A reportagem também diz que a popularidade de aplicativos de celulares pode ter influenciado os fechamentos. "Antes, você ia a um bar na esperança de conhecer alguém. Hoje, pode fazer isso de casa, no seu sofá", declarou Anna Leach, que administra o site voltado para lésbicas The Most Cake.

Mas uma das justificativas apontadas como a mais certeza é que o fechamento estaria ligado à pressão exercida sobre todos os pubs de Londres pela valorização imobiliária, cujos preços de imóveis e alugueis estariam "fora do controle".

A Associação Britânicas de Pub e Cerveja estima que o número de pubs no Reino Unido caiu de 60,1 mil em 2002 para 48 mil em 2013. Já a Associação de Varejistas Licenciados informou que havia 3.144 clubes em 2005 e que atualmente são 1.733.

Peter Cragg, que encabeçou a campanha em prol do Joiner's declarou que acredita não haver uma iniciativa preconceituosa de fechar locais LGBT. Mas que os grupos mais vulneráveis da sociedade, seja por motivos econômicos ou sociais, acabam sendo "as principais vítimas desta especulação mobiliária".

A LUTA CONTINUA

Ao fim da reportagem, ele diz que o lado positivo é que a comunidade LGBT está acostumada a travar batalhas e que deve reverter a situação. "Não vamos nos dar por vencidos sem uma briga furiosa e repleta de purpurina", declarou.


Como seria o homem perfeito para você?
Todo mundo tem um tipo de homem perfeito, algumas pessoas têm algo muito bem definido e específico e outras pessoas menos.

Achar o cara perfeito – ou quase perfeito – nem sempre é uma tarefa fácil quando estamos buscando no lugar errado. E isso deve estar acontecendo com você!

O cara perfeito incluí também o que ele deseja. Se apenas uma noite, um lance rápido, um namoro e até um casamento.

Talvez esteja difícil para você encontrar essa pessoa porque ainda não procurou no Disponivel.com. Com mais de 548.284 homens cadastrados tenho certeza absoluta que o “seu número” está lá te esperando. Clique aqui e comece agora mesmo.

What do you think?

Suspeito de assassinar travesti no Piauí fazia postagens de apoio à comunidade LGBT

Alerta Magia: Jhonatan Marko é o top gaúcho “bom demais, tchê”